this ok Sentence
Viagra Generico Cialis Originale Kamagra 100 mg Kamagra Oral Jelly Acquistare Propecia Generico Test Pacchetti Generica Acquistare Viagra Strips Kamagra Oral Jelly Priligy Dapoxetina Generico Viagra Originale Kamagra Fizzy Tabs Acquistare Kamagra Soft Tabs Viagra Originale 100mg Levitra Generico Levitra Originale Acquistare Test Pacchetti originale viagra Levitra Soft Tabs Kamagra Fizzy Tabs Acquistare Viagra Soft Tabs
Forum Gralheira de Montemuro • Ver Tópico - Parques eólicos financiam projectos p/ proteger lobo Iberico

Forum Gralheira de Montemuro

www.gralheira.net
Data/Hora: 25 set 2017, 14:22

Os Horários são TMG [ DST ]




Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 Mensagem ] 
Autor Mensagem
Mensagem não lidaEnviado: 27 mar 2008, 16:54 
Desligado
Site Admin
Avatar do Utilizador

Registado: 04 nov 2006, 11:20
Mensagens: 113
Nas serras da Freita, Arada e Montemuro
Parques eólicos financiam quatro projectos para proteger o lobo-ibérico


Dez empresas gestoras de parques eólicos na região Centro juntaram-se num fundo para compensar os impactos ambientais da sua actividade na população mais ameaçada de lobo-ibérico (Canis lupus signatus) do país, nas serras da Freita, Arada e Montemuro. Já estão em funcionamento quatro projectos.

O financiamento das eólicas não é voluntário, antes resulta das medidas de compensação exigidas pela instalação dos parques eólicos no habitat de três das únicas dez alcateias que ainda vivem a Sul do rio Douro, explicou Henrique Pereira dos Santos, do Instituto de Conservação da Natureza e da Biodiversidade (ICNB).

Por cada megawatt de potência instalada, cada parque investe no Fundo do Lobo cerca de 500 euros anuais, especificou o responsável.

O fundo, criado em 2006, funciona com candidaturas apresentadas por agentes locais, como juntas de freguesia ou associações de caçadores. Só são aceites projectos de gestão directa de habitats, populações de lobo e das suas presas naturais.

De momento, o fundo tem em funcionamento quatro projectos: plantação de folhosas autóctones na Serra da Freita, melhoramento do habitat de espécies cinegéticas – presas naturais do lobo – nas Zonas de Caça Municipal de Cinfães e S. Cristóvão e ainda de Montemuro e um viveiro de espécies florestais autóctones das Serras da Freira, Arada e Montemuro.

O fundo é gerido pela Associação de Conservação do Habitat do Lobo Ibérico, que tem contabilidades separadas, explicou o responsável do ICNB. Este instituto do Ministério do Ambiente acompanha a gestão do fundo e dele depende qualquer alteração estatutária da associação. “Queremos que as pessoas percebam de onde vem o dinheiro e onde está a ser investido”, explicou Henrique Pereira dos Santos.

As alcateias a Sul do Douro são as mais ameaçadas porque estão isoladas da restante população ibérica e apresentam um elevado nível de fragmentação. Devido à sua fragilidade, o impacto dos parques eólicos é maior nestas alcateias.

Segundo explicou Henrique Pereira dos Santos, o problema dos parques eólicos é a criação de acessos. “Mais do que o impacto da construção, são os caminhos que são abertos que mais impacto causam. Está em causa a utilização do espaço pelas pessoas”. O responsável lembrou que, num dado parque, chegaram a ser registados 80 carros por hora. “Isto causa uma perturbação significativa”.

Henrique Pereira dos Santos não garante que estejam incluídos no Fundo todos os parques daquela região. “Mas dos grandes projectos, estão lá todos”. São exemplos a Enernova – Novas Energias, Eólica da Arada, Eólica da Cabreira, Eólica de Montemuro, Enerbigorne e empreendimentos eólicos de Ribabelide.

Segundo o Livro Vermelho dos Vertebrados de Portugal, estima-se que existam no país entre 200 a 400 lobos, ou seja, 15 por cento da população ibérica. As principais ameaças são a escassez de alimentos e de áreas de refúgio, a fragmentação do habitat e a mortalidade causada pelo homem (como o envenenamento e atropelamento).

12.03.2008 Helena Geraldes, Jornal Público


Topo
 Perfil Enviar Mensagem Privada  
 
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 Mensagem ] 

Os Horários são TMG [ DST ]


Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido

Ir para:  
cron
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Group
Traduzido por phpBB Portugal